Procura aí

domingo, janeiro 25, 2009

NerdCritica - O Dia Em Que a Terra Parou [1951]

Após eu ter criticado a nova versão do filme O Dia Em Que a Tera Parou, agora vou criticar o original, de 1951. Após uma longa discussão na locadora, eu e a Lena resolvemos pegar esse filme mesmo pra fazer uma comparação com o remake [Depois de uma briga incluindo "Ed Mort","Coleção - Charles Chaplin" entre outros que sua avó via].

O Dia em Que a Terra Parou é um clássico de ficção científica, Não pelos efeitos especiais que incrivelmente ainda resistem ao tempo, isso porque o filme não era recheado deles. O efeito mais notável mesmo é o vôo da espaçonave de Klaatu no início do filme, um efeito que não poderia ficar muito melhor nos dias atuais, devido à sua simplicidade super funcional. Porém, a cena onde Gort carrega a cientista Helen é bem tosca, pois aparece os fios nos braços do Robô [e a Lena me batia pra que não tirasse a "magia do filme" hehehehe].

A história também é simples, mas de extrema importância até hoje. O alienígena Klaatu viajou, juntamente do robô "Gigaaante" Gort, por 200 milhões de milhas para chegar à Terra e mandar uma mensagem a todos os seus representantes: se continuarem constituindo uma ameaça a outros planetas todo o planeta deve ser exterminado![Risadas Maléficas ao fundo.] Porém, assim que chega à Terra as pessoas encaram como piada e não querem ouví-lo, e acabam interpretando sua presença como uma ameaça. Klaatu (de aparência igual à dos terráqueos) vai conviver por um tempo com uma típica família de classe média, para decidir se vale a pena ou não tentar realmente salvar nosso planeta da destruição.

Fora a parte filosófica do filme [Sobre a reflexão de paz e da guerra], este é um trabalho no mínimo divertido. Mesmo que hoje em dia esses filmes não assustem mais [nem um pouco por sinal...] na época as pessoas se assustavam com o algumas cenas ameaçadores com o Gort[nossaaaa, muito ameaçador...]. Além disso, todo o clima de fantasia do filme (embora na época certamente uma boa parte dos espectadores o levasse muito à sério) é bastante interessante. É curioso conferir as maquinas que a nave espacial de Klaatu possui, e ouvir falar sobre o seu próprio planeta, que é como seria o nosso em um futuro não muito distante, caso nos livrássemos das guerras. Edmund H. North foi feliz nessa tentativa de prever o futuro, há um diálogo entre Klaatu e o garotinho Bobby enquanto este brincava com um autorama, e o alienigena se despede com a seguinte frase:
“ - Depois te conto de outro tipo de trem, que não precisa de trilhos.”
Hoje já encontramos trens que não utilizam trilhos. \o\ Edmund H. North é Vidente!
O Dia em Que a Terra Parou pode ser considerado um dos mais importantes filmes de ficçõe científica de todos os tempos no cinema. Um filme que mistura diversão com conteúdo e é dono de uma mensagem atemporal. Realmente vale a pena!

Obs: Já sabemos o Significa "Klaatu Barada Nikto"! Significa: "Salve-me e foda-se meu planeta"! [Descoberta incrível feita por Lena ._.]
________________________________________________________

Nerd-NOTA: 9,0
________________________________________________________
Entrem na nossa comunidade do Orkut ^^ Cliquem Aqui!

11 Comentários:

ana disse...

nao assisti nem o antigo nem o novo, mas a historia me fascina!

Juliana disse...

kkkkkk, concordo plenamente!!!
Parabéns pelo blog, criativo e bem bolado!

Carol°°°Paula disse...

eu não assisti esse filme... mas meu irmão assistiu, e falou q não suprou suas expectativas
estava lendo uma reportagem na galileu... q tbm não fala mt bem desse filme
concordo com vc
bjuss

Lucas Moratelli disse...

Adorei a resenha!

Não me interessei pelo filme quando assiti ao trailer, mas fiquei curioso pela versão original.

Vou procurar.

Gostei do blog. :}

Abraço.

Pingo de Leite disse...

Desculpe-me, mas não pude prosseguir a leitura em alguns trechos pq quero ver o filme. Fica difícil concordar ou discordar de vc se não assiat ao filme, né? Mas considero muito perspicaz sua iniciativa crítica.

Leleski disse...

Obs: Já sabemos o Significa "Klaatu Barada Nikto"! Significa: "Salve-me e foda-se meu planeta"! [Descoberta incrível feita por Lena ._.]

HEAUHAEUAEHUAEHUAEHAUEHUE.

Dj'ay-C disse...

Acesse:
http://www.idjay-c.blogspot.com/

E descubra um pouco mais sobre as...
Mentes Perigosas!

Acompanhe!

Rapha disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Rapha disse...

uhm. não gosto de ficção científica.
minha irmã ia ver o filme dai ela pegou a sinopse na net.
Ela já tinha lido o livro, dai resolveu ir assistir Bolt ao invés do dia em que a terra parou.
kkkkkkk

Sem comentários sobre esse caso. hehehe
Beijos

Fábio disse...

não tenho muita vontade de assistir esse filme não

Casa do Besouro disse...

Vou dar uma procurada no original desse filme.

www.casadobesouro.blogspot.com

  ©Template by Dicas Blogger

TOPO